O Plano B não basta

planbO Vasco, nesse momento, está sem patrocinadores.

Do patrocínio da Viton 44, estavam previstos R$ 11 milhões para 2016.

Da Caixa, caso houvesse a renovação com a maior proposta feita pelo banco, seriam mais R$ 12, 5 milhões.

Somados, os patrocínios que se foram somariam R$ 33,5 milhões. O acordo com a CEF ainda pode pintar, já que a diretoria afirma que as negociações não foram encerradas. Mas vamos manter esse valor em mente, já cogitando o cenário mais pessimista possível.

Até agora, o “plano B” da diretoria parece ser o Gigante, o novo programa de sócios do clube. Pelas últimas informações a respeito das pré-inscrições no programa, pouco mais de 30 mil torcedores se interessaram em participar do programa.

Façamos as contas….

Arredondando a conta de novos sócios-torcedores para 40 mil, e crendo que todos eles tenham escolhido o plano mais caro (o que nem deve ser possível, já que as vagas para a categoria “Sempre ao Seu Lado – Social” são limitadas) e que nenhum deles incorra na inadimplência, bastariam pouco mais de cinco meses para conseguir essa grana.

Mas nem temos 40 mil interessados, uma minoria deve ter escolhido os planos mais caros, alguns desses interessados podem não confirmar a inscrição e certamente alguns deixarão de pagar o programa após algumas mensalidades.

Ou seja, a conta não deve bater com tanta facilidade.

E esse não é o único problema. Sem patrocínios, deixamos de utilizar ativos importantes para capitalizar o clube. E isso também desvaloriza a marca.

Por isso, o B desse plano B não é de “bastante”. A diretoria não pode contar apenas com o Gigante para arrumar uma grana. É preciso correr, literalmente, atrás de patrocinadores. Quanto maior o tempo que passarmos sem estampar uma marca em nosso uniforme, maior é o sinal que passamos ao mercado de que a marca Vasco da Gama não desperta o interesse. E com isso, as propostas que surgirem serão cada vez menores.

Antes que digam que estou sendo pessimista, procurem se lembrar do que aconteceu na primeira gestão do Dotô: ficamos mais de seis anos sem patrocinadores e quando eles apareceram foi para nos oferecer quantias irrisórias para o potencial do Clube.

Na situação em que o Vasco se encontra, não podemos correr o risco de ver histórias como as da MRV e da lojinha de esfihas se repetirem.

Anúncios

7 pensamentos sobre “O Plano B não basta

  1. Para ser repetitivo mesmo: Quem confia sua grana ao deus sol? Vou me associar para ajudar o Vasco, mas fico com várias pulgas atrás da orelha. Assim, devem pensar algumas empresas.

  2. JC, outro fator com relação ao sócio torcedor sao os custos….podem ser altos também, então, se o clube arrecadar 30 milhoes, qual o percentual que chega líquido para o clube? Nao conheco como ficou o contrato do Vasco com a empresa.
    O Kalil , do Galo, falou uma vez que os custos de sócio torcedor eram elevados. Comparando com um patrocinio, o valor deste chega livre para o clube, acredito eu.

  3. Perda de patrocínios, a TIM saiu há um tempo e a mídia pouco falou ( e acho que ela permaneceu em outros clubes) ,Guaraviton saiu de todos, Caixa mais fora que dentro….
    Agora o isolamento político, brigando com o aliado Rubinho. Antes , no Brasileiro, brigara com a CBF,, que logo que assumiu ele foi lá querer ser aliado. Nao que essas parcerias com FERJ e CBF agreguem nada de bom para o Vasco, mas só constatando fatos que estao ocorrendo.

  4. JC, a Cruzada acusou Eurico de agir com soberba na negociação com a Caixa. Você sabe se procede essa acusação e do que examente se trataria?

    • Acho que foi o fato de não aceitar os mesmos valores de Galo e Cruzeiro, mesmo que ambos tenham em 2016 uma exposição bem maior que o Vasco.

  5. Sob a tutela “casaquilda”, nosso caminho para o FUNDO DO POÇO, é apenas uma questão de tempo. De pouco tempo, infelizmente.
    “Palmas” para os IDIOTAS e os COMPRADOS que reconduziram ao “trono”, o PIOR PRESIDENTE DE TODA A NOSSA HISTÓRIA (FATO comprovado pelos PÍFIOS, RIDÍCULOS, PATÉTICOS, PÉSSIMOS RESULTADOS esportivos, financeiros, administrativos, de imagem e credibilidade da instituição)!
    São estes, além dos “cordeirinhos” do conselho deliberativo (Em MINÚSCULAS , mesmo!) e dos “beneuricos” (que PERMITEM E ENDOSSAM tudo o que o FANFARRÃO, MENTIROSO e INCOMPETENTE dirigente quer), os MAIORES RESPONSÁVEIS PELA DESTRUIÇÃO DE UM EX-GIGANTE!

  6. Infelizmente a história se repete e a gente sabe o final dela.
    Mais umas vez o Vasco está sem patrocinio e novamente com o mesmo presidente que conseguiu essa façanha no passado!
    E como vc disse, o plano de sócios não é a salvação, ao menos não sozinho. Por mais que tenham no momento 30.000 interessados em se associar, ngm garante que vão todos virarem sócios e não se sabe em que categoria eles vão se associar. Confiar que o programa de sócio vai suprir a falta de patrocinios é uma aposta muito arriscada.
    SV

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s