O fardo

fardo

Amigos,

A verdade é que a gente senta pra escrever e a vontade mesmo é de não escrever nada.

O Vasco tal como concebíamos acabou!

O gigante encolheu e nem mesmo seus milhões de súditos abnegados se mostram capazes de recuperá-lo, por mais que lotem estádios e se esgoelem por essa cambada de perna de pau.

O Club de Regatas Vasco da Gama está rebaixado para a segunda divisão pela terceira vez (Um turno de antecedência)

O impensável, o impossível, virou rotina.

Apaputaquepariu, viu.

A autópsia desse cadáver insepulto revela traços de incompetência generalizada.

Para começo de conversa: Que maluquice é essa de Eurico Miranda no Vasco? Sério. Eu só acredito porque eu to vendo. Como que os sócios do Vasco, depois de anos e anos  de luta  para destronar o Tirano de São Januário, o reconduzem à presidência do clube? Porque tem muito sócio do mensalão, é verdade, mas tem muito voto de coração também. Nego é maluco. Mas tudo bem.

Eurico & Filhos monta um time mequetrefe, contrata uns 3 ou 4 blefes, paga as contas com dificuldade, herdando de Dinamite uma situação ainda mais terrível que a deixada por ele.  Acontece que esse catadão de blefes vai lá e ganha o Campeonato Estadual depois de 12 anos, numa tarde memorável no Maracanã. Torcida em êxtase, se entreolhando nas arquibancadas, curtindo a própria grandeza, mais uma vez e enfim. O Vasco novamente campeão. Como manda o figurino.

O time sempre foi fraco. Não se discute. Todos que olhavam com algum senso para o elenco detectavam enormes carências. Mas, sinceramente, eu não esperava que o Vasco fosse disputar a última posição, da primeira à última rodada. O Vasco tá sempre brigando pelo último lugar e o adversário tá sempre brigando pela liderança, ou chega embalado, ou em recuperação, percebam só.  Outro dia o repórter perguntou ao jogador do Corinthians: E aí, 0 a 0 primeiro tempo com o Vasco, o Palmeiras meteu quatro, vai ficar por isso mesmo?

Do tipo: os caras já tão apostando em tom de brincadeira quem vai desmoralizar ainda mais o Vasco. Quem vai dar a última pedrada, a última cuspida, pregar o último prego.

As chances do Vasco não ser rebaixado são puramente matemáticas.

Para escapar, com alguma segurança, precisaríamos de 11 vitórias em 20 jogos.

Ou seja, um milagre.

Reis magos, ouro, incenso, Maria, José.

Nenê precisará ser o próprio menino Jesus .

Sabemos no fundo que não vai rolar.

O time só tem goleiro e torcida. Mais nada. Como diria João do América, meu xará: “Vai ganhar como? A defesa é uma merda, o time é uma merda, faz um leva três, a defesa é uma merda”.

Criação não existe, ataque não existe, bola parada é ruim ofensiva e defensivamente, não sabe se defender, não sabe contra-atacar, os melhores jogadores tecnicamente são velhos e bichados, o técnico é um inapto, que além de não dar organização pro time, expõe seu elenco  a todo momento.  Entre baforadas e bravatas o presidente finge que nem é com ele. Isola-se numa ilha de fantasia, cercado de bajuladores, que só fazem dizer amém para qualquer sandice.

Nós estamos fudidos pra c******** essa é a grande realidade.

Mais que o presente tenebroso, desanima ainda olhar para frente e não conseguir enxergar nenhuma saída. Politicamente o Vasco é uma lama só. Não há consenso, unidade, abnegação. Vendo de fora, como mero torcedor, percebe-se que há muita vaidade e rixa entre os membros que compõe o clube politicamente. O interesse político suplanta os interesses do clube e do seu torcedor com frequência.

Não há, tampouco, dinheiro. O Vasco vive de pires na mão. Vendendo almoço pra comprar a janta. Impressionante como os clubes todos devem Deus e o mundo mas nem por isso deixam de resguardar alguma dignidade. Parece que só o Vasco que fica de mãos atadas. Sempre. Não encontramos soluções. Apenas refugos, desculpas e heranças, cada qual mais maldita que a anterior.

Os caras administrando time de futebol são iguais aos cruzamentos do Cristiano pras finalizações do Herrera. E não é de hoje. Tudo leva a crer que houve uma aposta de quem conseguiria arruinar o Vasco de uma vez. Tá chegando a hora!

Seria admirável que esse time, somando tudo isso, não estivesse à beira do abismo.

O pior é que é arriscado de ir ao jogo e ainda acreditar que tem chance. O torcedor é antes de tudo um ser desequilibrado e incoerente. Na cabeça  de uma fanático 2 +2 quase nunca é quatro e qualquer vitória já é motivo para acreditar no impossível.  Mas se o impossível não acontecer, é certo que estaremos lá, em outra série B, vestindo a mesma camisa e a mesma cara de pau. Porque ser mulher de malandro desse time é o nosso destino, nosso carma inescapável.

O Vasco é a cruz que temos que carregar.

Minha grande alegria virou meu maior fardo.

Parabéns aos envolvidos.

@joao_almirante

Anúncios

9 pensamentos sobre “O fardo

  1. Bem vindo de volta ao espaço João Vitor, uma pena que chega num momento tão triste.. está tudo tão desanimador.. esse fdp do euvírus terminou de acabar com o Vasco!

  2. João desanima não.
    Nossa hora há de chegar!
    Os responsáveis pelo desrespeito que estamos passando nunca serão esquecidos!!!
    Tenho um filho de 4 anos (bom de bola) ele é VASCO. O tanto que ele é apaixonado!!!…

  3. Perfeito.
    É exatamente o que todos nós sabíamos que aconteceria desde a volta desse ser folclórico, quase um emblema do que temos de pior na sociedade brasileira.
    Já nos preparemos companheiros, para mais um ano no calvário da série B, que pelo que vimos ano passado e o que essa coisa que temos como presidente é capaz de fazer, periga ficarmos mais do que só um ano na série B.

    Parece que o respeito não voltará jamais.

  4. É o que vc disse João, não dá nem vontade…
    Escrevo primeiramente em respeito ao belo texto escrito por vc, parabéns. Difícil acrescentar algo. Se o “inexplicável” fosse tangível…
    Estamos rebaixados com um turno de antecedência. Trirebaixado! Pra quem ostentava um tetracampeonato….
    O pior é não ver a luz…
    Felizmente sou apaixonado por este CRVG e estou longe de abandona-lo. Mas teremos muitos trovoadas até chegar onde queremos.
    Como onde quando porque não sei mas sou VASCO e este gigante acordará… tenho pena dos adversários quando este momento chegar.
    FÉ e UNIÃO.
    SDV

  5. O final do texto foi perfeito. Aliás, mais um texto que descreve bem o que cada um de nós sente mas não sabe expressar direito.

  6. Perfeito o comentário. Sem meias palavras pra ficar politicamente correto e indo fundo na incompetência total que reina em São Janu. O ndë está a oposição? Cadê o Roberto Monteiro? Nem falo do Júlio Brant em quem votei porque sabia que ele se não ganhasse as eleições, não se envolveria naquele ninho de cobras velhas. Enfim, o gigante agoniza para delírio da flapress. Não sou muito de acreditar em teorias da conspiração mas a imprensa de maneira geral trata o Vasco com um desrespeito inaceitável para uma instituição com a nossa história e não vejo ninguém pra defender, com firmeza e não bravatas, o nosso clube. O último que sair apague as luzes!

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s