Apoio à situação; oposição ao Vasco

Muito se reclama dos políticos. Seja na esfera municipal, estadual ou federal, o senso comum brasileiro diz que “todo político é safado”. Mas, na maioria das vezes, esquecemos de duas coisas básicas:

  • Os políticos que estão no poder lá estão por um único motivo: NÓS os colocamos lá com o nosso voto (como bem explica o jornalista Bob Fernandes no vídeo acima) e a classe política nada mais é que um reflexo da sociedade brasileira como um todo.
  • Reclamamos do que os políticos deixam de fazer pela sociedade, mas convenientemente esquecemos de que não fazemos a nossa parte. Nós os elegemos e raramente acompanhamos o trabalho dos nossos candidatos e os cobramos com ainda menos frequência.

Em se falando da política vascaína, nosso principal problema é com o segundo ponto. Ainda que em comparação à desastrosa gestão Dinamite a atual diretoria tenha conseguido avanços indiscutíveis, é irracional considerar que seu trabalho, como o de qualquer outra administração de qualquer clube no mundo, seja perfeito. E vendo a quantas anda o nosso futebol, isso fica ainda mais evidente. Mas justamente quem deveria ter mais motivos para ser exigente e ser mais presente nas cobranças não o faz.

Estou falando, obviamente, dos eleitores/defensores da atual gestão.

As críticas dos torcedores em geral não são apenas justificadas pelo desempenho do time. São também uma mostra da preocupação dos vascaínos com o clube pelo qual torcem e um recado para que a diretoria saiba o que não está agradando. Mas para os eleitores/defensores do Eurico, as críticas não ajudam em nada. Pior, são um sinal de que não se ama o Vasco. Se qualquer torcedor mostra sua insatisfação, mais que natural pela campanha do time, entre outras coisas, é logo taxado de “modinha”, “bovino” ou “amarelinho”.

Para essa parte da torcida, considerar que está tudo certo, que o time vai brigar pelo título e que o “respeito voltou” é o que se pode fazer de melhor pelo Vasco no momento. E fazer vista grossa, ou simplesmente ignorar os evidentes equívocos no planejamento para o futebol, as contratações tão inexplicáveis que se tornam suspeitas, que renovamos o contrato da Caixa pelo mesmo valor que recebemos quando estávamos na Série B, entre outras decisões prejudiciais ao clube.

Eis o problema: a parte da torcida que teria maior obrigação de cobrar a atual diretoria, exatamente porque confiou nas suas promessa de campanha, não apenas não cobra como não admite críticas à gestão que elegeu. Independente de existirem pontos de vista divergentes, é preciso saber que o objetivo comum é o bem do Vasco. E o sucesso de qualquer administração depende de uma autocrítica e, principalmente, humildade para reconhecer os erros e tentar mudá-los. Infelizmente, enxergar os próprio defeitos e ser humilde não é algo que combine com o “respeito” que, dizem, voltou à São Januário.

Defender incondicionalmente QUALQUER administração, inclusive nos seus equívocos, não é apoiar a situação, e sim, fazer uma oposição ao que é mais importante: o crescimento do clube. Enquanto os defensores do Eurico não perceberem isso, ver o Vasco de volta à posição proeminente que a instituição merece será mais difícil.

Anúncios

23 pensamentos sobre “Apoio à situação; oposição ao Vasco

  1. Pingback: Sem um rosto | Vasco Expresso

  2. Incrivel a torcida vascaina,quer dizer alguns vascainos ja dao como certo o rebaixamento do Vasco.Nao chegamos nem na metade do campeonato.Engraçado no ultimo jogo antes do rebaixamento do Vasco na gestao passada todo mundo aqui inclusive o bligueiro era so apoio ao Dianmite.

    • Os equívocos do comentário….

      1) a escolha deste post para falar de rebaixamento ou de torcedores que já dão como certo o rebaixamento. A palavra “rebaixamento” não é citada nem no post nem em nenhum dos comentários do post. Essa é só mais uma amostra de como os defensores do indefensável vivem na defensiva.
      2) Falou uma besteira sem tamanho na última frase: eu deixei de apoiar o Dinamite antes do fim da primeira gestão, tanto que nem era a favor da sua reeleição. Nos últimos jogos antes do rebaixamento, tanto no que o atual presidente teve boa parcela de responsabilidade como no de 2013, o apoio era AO VASCO e AO TIME. Quem apoia dirigentes e os defende mesmo quando não há qualquer razão para isso são os devotos do Dotô.

  3. Os “casaquildos” consideram “ótima” a (PÉSSIMA) gestão 2001-2008. Esperar por “reflexão responsável” destes caras é um tiro na água; pois seus evidentes interesses e explícita CEGUEIRA já estão mais do que consolidadas. Já as conhecemos de longa data.
    O “resto”, ou seja, os outros MILHÕES (e não cerca de dois mil) que amam e torcem PELO CLUBE, e não por dirigente FANFARRÃO E INCOMPETENTE (vide 2001-2008), bem o sabem: o retorno da nova/VELHA diretoria ao poder, coloca o retorno DA VERGONHA muito mais próxima do clube, do que o retorno do “respeito”.
    Se um título do RIDÍCULO torneiozinho regional de VÁRZEA é “sinônimo de respeito”, então a gestão também HORROROSA (em seu segundo mandato) do Dinamite deve ser considerada “mais respeitosa”, pois ganhou um título da COPA DO BRASIL e voltou a ser PROTAGONISTA (pelo menos em 2011-2012) no campeonato brasileiro e na LIBERTADORES (torneio internacional que a nova/VELHA diretoria só assistiu, DE LONGE, enquanto comandou o clube).

  4. Somos campeões cariocas após 12 anos, temos uma gestão que está batalhando para recuperar o clube financeiramente, a recuperação do nosso patrimônio já ocorre a olhos vistos. Não é por causa de 6 jogos, que devemos jogar tudo pelo ralo. A administração do Doutor Eurico é excelente, competente, capaz e responsável. E quem pensa diferente disso não enxerga um palmo à frente do nariz. Me desculpem, mas essa é a realidade.

    • A recuperação do patrimônio ocorre a olhos vistos. Por isso assinou um patrocínio master nos mesmos valores de quando estávamos na Série B.
      Muito capaz. Por isso contratou mais de 20 jogadores, não utiliza nem metade deles e o time está onde está agora.
      Muito responsável. Por isso tomou empréstimos sem dar qualquer informação sobre prazos, garantias oferecidas ou quanto deve para quem. Isso sem citar perdão de dívidas milionárias para dirigentes.
      Muito competente. Por isso renova com um jogador que tinha sido dispensado e o empresta pagando 100% dos salários.

      Me desculpe, mas quem não enxerga um palmo diante do nariz é quem não vê os problemas da atual gestão. E nem dá pra pedir desculpas a vc porque mesmo mostrando o que está muito claro para qualquer torcedor minimamente informado, vc vai continuar achando que tudo está às mil maravilhas. Mesmo que não consiga ter uma justificativa para nenhum dos pontos acima.

    • Ridículo. Defender o indefensável é algo tão berrante que dá até para desconfiar de alguma piada – de péssimo gosto, diga-se de passagem. Aliás, deve ser, pelo “Doutor Eurico”.

      JC mais uma vez acertou na mosca.

  5. JC Barbosa, primeiramente esta coluna está ótima, Parabéns!
    Mas opinando sobre o que o presidente disse:
    Eu não acho que ele tentou enganar o torcedor dizendo que o time vai lutar pelo título, até porque ele como presidente do clube não poderia ir em rede nacional e desacreditar o elenco que eles(diretoria) montaram. Ele não poderia dizer que o elenco que eles montaram iria lutar para não cair. Nós torcedores mais sensato sabemos que não vamos brigar pelo título com o que temos, mas nosso elenco não é pior do que o elenco da Ponte preta, do Avaí, do Atlético/PR, Figueirense, do Sport, do Chapecoênce e até do que o elenco do Flamulambo. Ou seja, nosso time pode não ser melhor, mas não é pior do que esses que eu citei.
    Não estou tomando partido de nenhum grupo político, nem pro-Eurico nem contra-Eurico. Só estou dizendo que o elenco que temos é o suficiente para sair da zona da degola, o que é pouco considerando o tamanho do Vasco, mas hoje é o que podemos alcançar por culpa TAMBÉM desta diretoria que está lá(antes que alguém me acuse de está defendendo algum lado político).

    • Mas eu não critico o presidente falar publicamente que vamos brigar por títulos ou que nosso elenco é do mesmo nível de qualquer um. O problema é que seus defensores tomam isso ao pé da letra. Acreditam REALMENTE que o time AINDA vai lutar no topo da tabela. E quem discorda disso é apenas pq coloca o ódio ao Eurico acima do amor ao Vasco ou simplesmente pq não é vascaíno de verdade. A primeira opção é de uma prepotência absurda: achar que a única razão para acharmos o elenco do Vasco fraco é por detestar o Eurico, como se ele fosse o centro das nossas preocupações como torcedores. E a segunda é só um absurdo motivado pelo fanatismo.

    • Eu sou contra o Eurico. O que não quer dizer que gostei da catastrófica administração do Roberto. Mas o Eurico é quem levou o Vasco ao fundo – e o Roberto conseguiu soterrar mais ainda – e engana aos trouxas até hoje.

      Eurico faz muito, mas muito mais mal do que bem para o Vasco. Hoje eu li que ele apóia a permanência do Del Nero na CBF. Impressionante como ele SEMPRE está do lado errado, do lado do “mal”.

      Aliás, não é tão impressionante assim quando se trata de quem é.

  6. Falei exatamente disso no blog da fuzarca…muita gente reclama,mas ng se associa… Só reclamar não vai mudar….tem virar sócio chegar lá e votar, não adianta ter a desculpa que não vai dar dinheiro p Eurico p ele roubar,pq isso não muda o fato dele ser o presidente, tem que se associar, ajudar o clube financeiramente e votar nas eleições….ser vascaíno não é só torcer …mas torcer apesar de…o clube é nosso de todos que amamos o clube…não de um presidente…. Nossa história é linda cheia de dificuldades e superações quem puder tem que se envolver politicamente, através do voto e pra isso temos que ser sócios… Acho que falei demais… Abração JC

    • Acho que nessa questão eleitoral – das próximas eleições – a oposição também peca. Mas falarei sobre isso na próxima coluna.

      • Boa, JC, pois não se vê a oposição atuando. A questão dos 3 milhões foi para debaixo do tapete e ninguém falou mais nada. Renova-se um contrato com um jogador que nem é relacionado para os jogos e o empresta, pagando integralmente seu salário. Contratação de jogadores de várzea que nem atuam pelo clube, são emprestados e devolvidos por insuficiência técnica. Desanimador!

  7. uma breve palavra ,eu li gente falando q o biancucchi jogou bem,não concordo..ele não errou muitos passes,mais foram quase todos passes laterais,sem muita objetividade e não criou jogadas de ataque oq deveria ser obrigação do 10 do time…

  8. JC o que vc acha desse teto salarial? vc acha q esta sendo prejudicial? vemos o framengo q tem dividas tbm, contratando o guerreiro, o sheik…e pra gente nada só jogadores de ruim pra horrível…

  9. Mais um brilhante texto, não se pode criticar a atual gestão , nosso Presidente vai a televisão e engana a todos os vascaínos, alegando que iremos brigar pelo título ,é uma piada mesmo , com esse time vai ficar onde está brigando pra não cair e olhe lá , elenco inchado de jogadores , renovações de contratos sem critério , contratações fracas, nada contra o Doriva , porém temos no elenco 3 ou 4 jogadores do ituano isso não pode ser sério, o Vasco precisa urgentemente melhorar isso , ou nos tornaremos um time mediano que ano joga a serie A ano joga a B !!!

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s