Angustiantes empates

marasmo

Não sei de vocês mas nessa semana me senti meio que um “profeta do apocalipse” em relação ao destino da nau vascaína. E olha que estava mais confiante após o carioquinha. Bom, ao menos está confirmada a cortina de fumaça criada pelos estaduais.

A inoperância da equipe nos jogos contra Goiás e Cuiabá ( 3ª divisão e empate no último segundo da partida) me deixa preocupado SIM. Sempre entendi que Doriva esta tirando o máximo desse elenco, no sentido de comprometimento e gana. Ao mesmo tempo não consigo enxergar que ocorreria um avanço na questão técnica dos jogadores. Por mais que torcemos a favor, Rafael Silva é esse aí que perde lances bisonhos nas laterais do campo. Marcinho é  um ex-jogador em atividade, por mais que pareça não fazer corpo mole. E que nem sempre Gilberto vai colocar a bola na rede.

O que muitos falam em aplicação tática e dedicação, acaba virando uma muleta para uma equipe que talvez já tenha conseguido chegar ao ápice de seu potencial. Vencer o Carioca. Digo isso não por demérito aos jogadores que honram nossa camisa correndo e lutando todos os minutos. O problema é técnico e não espere que Serginho vire um Pirlo ou faça uma jogada como das semi-finais em todos os jogos.

Um time esforçado pode ser competitivo e até ganhar títulos em torneios de tiro curto entretanto, não se pode esperar que ele mantenha esse ritmo por muito tempo. Talvez esse seja o nosso maior pesadelo no Brasileiro. Como permanecer em uma disputa acirrada sem a mesma intensidade? As vezes o talento individual compensa a ausência de uma unidade ou até esforço. O Vasco carece muito nesse aspecto. Diguinho, Julio Cesar e Eder Luis não vieram para ser o camisa 10. Nem o 8, vá lá.

O imbróglio está nas mãos de Doriva e da diretoria. Ou a equipe consegue obter um foco, uma meta para manter-se disposta e competitiva, ou entramos na espiral do capeta do rebaixamento. Empatar em casa com Goiás é inadmissível.  Perdemos 2 pontos que fazem falta no final.

O marasmo dos últimos jogos não pode estar presente contra o Figueirense. Não sei como funciona a questão biológica dos jogadores mas se o Vasco apresentar esse futebol mequetrefe as 11 da matina de um domingo, vou cair no sono. Além disso, a equipe catarinense faz parte daquele rol que briga contra o Z4. Além de que nossa torcida é muito representativa em Santa Catarina e não merece tal insensatez.

Abre o olho Vasco por que eu já estou fazendo as contas. Faltam 44 pontos.

Obs: 15 milhões na conta sempre é bom. Usado com moderação, claro.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Angustiantes empates

  1. Falta o meia de ligacao, Diego Souza seria uma grande contratação. Imagina se pudessemos contar com um jogador tipo o Felipe.

    Ponto forte para defesa que é segura.

    Julio Santos, Marcinho, Bernardo, John Clay e Montoya.

    Que um deles acerte!!!!!!!

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s