Pelas decisões certas e rápidas

joel-santana-e-adilson-batistaQuando o Vasco começou a disputar pela segunda vez uma divisão inferior no futebol nacional, os resultados e o futebol apresentado foram aquém do que esperava o torcedor mais pessimista. Uma das justificativas para o empate em São Januário com o América-MG e a derrota para o Luverdense – estreante na Série B – era o abatimento do time após a perda do estadual de forma injusta. Realmente, o time parecia para baixo e a razão apresentada até poderia ser chamada de justa.

Acontece que um time como o Vasco não poderia usar o “baixo astral” como desculpa por muito tempo. O elenco vascaíno montado para a competição, bem mais caro que os elencos dos seus concorrentes, não poderia ficar lamentando um Estadual perdido quando o que estava em jogo era muito mais importante, a volta à elite. Depois dos dois primeiros jogos sem vitória, o time de Adilson Batista conseguiu vencer duas partidas em sequência, o que parecia mostrar um início de recuperação. Porém, os jogos seguintes mostraram que a recuperação era apenas um alarme falso e o Vasco entabulou uma sequência de quatro empates, conseguindo o feito de vencer apenas DUAS partidas em OITO disputadas na Série B.

Adilson Batista balançava. Os resultados ruins, a pressão da torcida e a pausa de um mês por conta da Copa do Mundo fez com que todos pensassem que o Vasco teria um novo treinador em breve. Mas então o Vasco conseguiu uma vitória no último jogo antes do intervalo antes do Mundial e Adilson se segurou no cargo. Na volta, uma breve melhora, com o time subindo na tabela e se aproximando do G4. Mas as atuações do time continuavam muito abaixo do esperado, não justificando o investimento feito no elenco.

Foi preciso mais que uma campanha irregular para que o treinador finalmente fosse demitido. Após uma vexatória goleada por 5 a 0 para o Avaí, em pleno São Januário, Adilson não resistiu e foi defenestrado. Rodrigo Caetano sondou alguns nomes, mas prevaleceu a vontade do Presidente Dinamite e do Ex-Presidente Eurico Miranda, que desejavam ver Joel Santana no cargo.

Joel conseguiu uma invencibilidade de 10 jogos, o que levou o Vasco à zona de classificação para a Série A. Por outro lado, não conseguiu fazer o time melhorar: a irregularidade nas atuações continuava, penávamos para conseguir vencer adversários fraquíssimos e muitas vezes nem vencíamos, não passando de empates com equipes muito menos qualificadas. Após a sequência sem derrotas as coisas pioraram: o time começou a perder, o clima dentro da equipe piorou e a disputa eleitoral tornou tudo ainda mais confuso no clube.

Por sorte, nossos adversários diretos na briga por uma vaga no G4 começaram a patinar e, mesmo com nossos resultados ruins, seguimos até o final da competição entre os que conquistaram o acesso à Série A. A prova de que nos classificamos muito mais pela incompetência alheia do que pelos nossos méritos fica clara ao vermos os números da equipe: o Vasco foi o time que subiu com menos vitórias, fez apenas a 5ª melhor campanha no primeiro turno e a 6ª no segundo, com Joel conseguindo um desempenho pior que o Adilson (8 vitórias, 7 empates e 4 derrotas para o primeiro e 8V, 8E e 3D para o segundo). Ou seja: os dois treinadores que tivemos ao longo do Brasileiro disputaram arduamente para ver quem faria o pior trabalho.

Porque esse resumo da terrível campanha vascaína na Série B a essa hora? Para torturar o leitor com memórias ruins?

Não. É para lembrarmos duas coisas muito importantes para o ano que vem:

1) Certas situações, decisões não podem ser adiadas. Dinamite, que se notabilizou pela lentidão para definir assuntos, perdeu a chance de demitir o Adilson no intervalo da Copa e precisamos passar por uma humilhação histórica para mudar o comando do time. Não só a goleada para o Avaí poderia não ter acontecido como um novo técnico poderia ter mudado a cara da equipe mais cedo dentro da competição.

2) A indicação de alguém para um cargo não pode ser baseada por amizade ou por ser “fácil de lidar”. A decisão do Eurico e do Dinamite por Joel Santana não pode ter se baseado em outros critérios, já que pela qualidade dos trabalhos recentes não pode ter sido. Não adianta nada ter um treinador que tenha um bom relacionamento com a diretoria se ele não tem capacidade para fazer o trabalho pelo qual é pago. Antes alguém que viva às turras com os dirigentes mas que faça a equipe vencer.

Diante disso, podemos deduzir facilmente o que deve fazer o próximo presidente, que assume o cargo por agora: não perca tempo em procurar um treinador competente e não mantenha Joel Santana no cargo por amizade ou gratidão. Essas medidas serão um passo importante para que as pessoas comecem a acreditar que o Eurico de 2014 não fará as coisas como fez entre 2001 e 2008.

Anúncios

10 pensamentos sobre “Pelas decisões certas e rápidas

  1. JC quais os melhores nome e os mais viáveis para assumir o comando técnico do clube nesse momento?
    Porque eu não vejo grandes nomes (que também não é garantia de bom trabalho). Talvez o Ney Franco, Gilson Kleina talvez o Jaime de Almeida.
    Osvaldo de Oliveira sei que não vem com eurico na presidência!

    • Oswaldo, mesmo que não tivesse problemas com Eurico, não receberia 100 mil/mês, o que pretendem pagar ao novo treinador.

      Ney Franco também não deve ficar nessa quantia.

      O Jaime é o nome mais supervalorizado que já vi. Seu maior feito é o mesmo que têm Péricles Chamusca, Valmir Louruz, Eduardo Amorim e Vagner Mancini: ganhou uma Copa do Brasil. No Brasileirão, só não rebaixou a mulambada por conta das maracutaias de bastidores.

      Sobra o Kleina, que pode ser uma opção BBB (bom, bonito e barato).

      • Desses citados gostaria muito que fosse o Oswaldo, mas por 100 mil ele não virá mesmo e apoio, afinal pagar 150 mil ao Adilson Batista e 200 mil ao Joel para querer que um bom técnico faça melhor por 100 mil é até sacanagem com ele.

        Tentaria o Gilson Kleina nesse momento, ou o técnico do Nacional de Medellin. O técnico do time colombiano deu um padrão de jogo muito bom para um time mediano, mas bastante aplicado!

        Qualquer bom nome ventilado nesse momento será bem aceito pela torcida, já que os técnicos nos últimos dois anos foram medíocres.

  2. cara parem com isso o Eurico não é o dinamite , ele sabe o tamanho do Vasco então mesmo que não tenha dinheiro ele vai montar um time de bom para melhor e um tecnico de excelente nivel , porque ele sabe que ganhando bem será aplaudido , ganhando mal vai ser vaiado , perdendo então nem se fala.
    #AquieVasco

    • Só duas perguntas:

      1) pq o Eurico não fez isso entre 2001 e 2008 (ou vc acha que Dário Lourenço, Alfredo Sampaio, Alcir Portela, Hélio dos Anjos e Geninho são técnicos de excelente nível)?

      2) Se o Eurico não fez isso quando pegou o clube numa fase vitoriosa e com patrocínio forte, como ele vai conseguir fazer herdando um clube cheio de dívidas e sem dinheiro?

      • Duas perguntas que não obtiveram respostas há 6 longos anos!

        Por isso vou fazer uma pergunta também!
        Eurico, quando você irá pagar os 3 milhões de reais que deve ao clube?!

  3. Gostaria de ver Argel Fucks no Vasco. Tem bons trabalhos em equipes medianas. Traria jogadores que querem crescer e nao veteranos sem comprometimento. A equipe de 2009 que subiu era boa. Veja Nilton, Dede, Prass, Fagner, Paulo Sergio, …

    • Não consigo desassociar a imagem do Argel técnico do Argel volante que foi esculachado pelo Vagner no Rio-SP de 99 e partiu pra violência….

    • Andei vendo os trabalhos e as estatísticas desse técnico, que eu desconhecia e nem lembrava como jogador, e não achei uma boa ideia contratarem ele.

  4. Concordo em tudo, JC.
    Gostaria mesmo que pegássemos o Kleina.
    O Joel não tem condições alguma pra ficar.
    Abraço,

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s