As duas opções do Joel

A escalação feita pelo Joel na vitória sobre o Náutico pode ser uma indicação de melhores dias para o Vasco no Brasileiro. Se o time que entrou em campo no 2 a 1 não é o melhor a disposição do treinador, está bem próximo disso. Um ou outro podem questionar o Douglas Silva, o Lorran, talvez o Fabrício ou até mesmo o Thalles, mas sejam pertinentes ou não os pontos de vista, não ninguém tão superior aos mesmos para substitui-los.

Mas apesar da vitória, tivemos problemas. Pelo volume de jogo que tivemos, não poderíamos nunca ter passado o sufoco que passamos. Parte da dificuldade que tivemos veio pelo baixo aproveitamento das finalizações. Elas foram muitas (27 arremates), mas poucas foram para o gol (apenas oito). É preciso, claro, levar em consideração o dia iluminado que teve o goleiro Julio Cesar, disparado a melhor atuação da partida, mas ainda assim, se o ataque finalizasse com mais capricho, a vitória poderia ter sido construída muito mais tranquilamente, talvez ainda na primeira etapa.

Mas o pé torto ou a afobação dos nossos jogadores não é algo que um técnico possa resolver rapidamente. Treinar finalizações e colocá-los no psicólogo para conter a ansiedade, mas a melhora nesse quesito não envolve diretamente o trabalho do Joel. Agora, a outra parte responsável pelo nosso sufoco contra o Timbu pode e deve ser resolvida pelo Natalino o mais rápido possível: e ajustar o sistema defensivo quando o time atua com apenas dois volantes.

É até irônico ver um time comandado pelo Joel sofrer tanto com contra-ataques. Sua fama de retranqueiro não surgiu do nada e se há uma qualidade no tradicional trabalho do nosso treinador é que ele consegue arrumar suas defesas. Mas não foi isso que vimos no sábado passado, pelo contrário. Joel acertou ao colocar um time mais ofensivo em campo, já que dominamos amplamente a partida; mas isso não adiantará nada se ficarmos tão desprotegidos nos contragolpes. Não será sempre que San Martín nos salvará com seus milagres ou nossos adversários desperdiçarão chances como o Náutico.

O que deve ser feito? Prender mais os laterais, proibindo que eles apoiem tanto? Ensiná-los a fechar seus lados do campo, já que nenhum deles parece conseguir cumprir essa função? Colocar um volante de mais pegada que o Fabrício? Ou fazer com que Maxi Rodriguez ajude mais no combate (já que do aparentemente “imexível” Douglas não podemos esperar isso)? Sinceramente, não sei. Não sou técnico e Joel é muito bem pago para resolver essa questão.

E essa questão é urgentíssima por um motivo muito simples: para TODOS os adversários do Vasco, um empate será um bom resultado. E TODOS jogarão fechadinhos, esperando o contra-ataque e uma chance de nos surpreender com um golzinho fortuito. Acredito que Joel está correto ao colocar o time pra frente e procurar marretar cada oponente, exatamente como fez contra o Náutico. Mas se os contragolpes forem o ponto fraco da equipe do Joel, teremos problemas até o fim do Brasileiro. Das duas uma: ou o Natalino coloca todo o time pra treinar finalizações até que o time tenha capacidade de golear qualquer adversário ou acerta o sistema defensivo para que não corramos tantos riscos quando estamos sem a bola.

Anúncios

4 pensamentos sobre “As duas opções do Joel

  1. JC e Vascaínos.

    Como primeira ação, providenciar um substituto imediato para o Fabrício, um jogador com mais pegada. O Fabrício é muito mole na marcação e péssimo no apoio, ou seja, uma nulidade para a equipe. E não acho que Pedro Ken seja este jogador, pois é um jogador igualmente mole e com pé de moça, não ganha uma dividida. Sugiro a efetivação do Aranda, e até mesmo experimentaria o Jon Clay, por ser mais jovem, mais forte, e se BEM trabalhado com mais gana.

    Saudações Vascaínas.

  2. JC Camarada,
    Concordo contigo e ainda digo que os TODOS os adversários jogaram/jogarão muito motivado correndo a 200Km/h, correndo como se fosse final de Copa do Mundo ou um esfomeado atrás de um prato de comida….mas o time não se toca e fica de migué e “lerdeando” no jogo…tem que entrar ativo tb, oras!!

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s