O (prazo de validade do) futebol nacional está vencendo

laranjaEm um primeiro olhar sobre a coluna que escrevo hoje, alguns leitores podem, precipitadamente, pensar que falo sobre um assunto que não tem relação com o tema do site. Porém, é impossível ignorarmos o quanto essa questão afeta diretamente não apenas o Vasco, mas todo o futebol nacional. Estou falando dos erros de arbitragens.

Pelo que fiquei sabendo – não vi qualquer jogo do Brasileirão ontem – mais uma partida foi decidida em cima de um erro do juiz. A situação, que se repete em todas as competições e em praticamente todos os jogos, é responsável por aumentar o descrédito do torcedor diante do esporte, até porque os erros parecem prejudicar sempre os adversários dos mesmos times, aumentando a impressão de que o futebol brasileiro não passa de um jogo de cartas marcadas.

Não é preciso ser matemático ou estatístico para considerar fora de qualquer lógica probabilística a frequência com que alguns clubes se beneficiam da incompetência dos árbitros. A situação, por já ter se tornado um hábito, origina uma série de teorias conspiratórias que, ainda que não possam ser comprovadas, fazem total sentido para qualquer um que avalie os fatos e una os pontos.

As teorias são um reflexo da falta de credibilidade da qual todas as instituições ligadas ao futebol são alvo. E se o torcedor – exceto, claro, os torcedores que não são constantemente favorecidos – não confia minimamente nessas instituições, a culpa por isso é delas mesmo, coniventes que são com esse panorama.

A CBF, por exemplo, não prepara os juízes como deveria, raramente pune os que erram (e alguns são pra lá de reincidentes) e quando pune, só mostra rigor quando os erros acontecem com os clubes favorecidos de sempre. Os tribunais desportivos, por sua vez, seguem essa linha de “dois pesos, duas medidas“, sendo sempre rigorosos com os clubes menores e jogadores desconhecidos e fazendo questão da “vista grossa” para os grandes clubes e atletas renomados. A imprensa esportiva, que deveria cobrar correção das autoridades esportivas, deixa de cumprir o seu papel, em troca do artifício mercantilista de exaltar vitórias dos clubes de maiores torcidas nas manchetes, ignorando completamente as circunstâncias do jogo. Lucram com as vendas nas bancas às custas de um acirramento da rivalidade entre as torcidas, ao publicar provocações de redes sociais e, agindo de forma completamente parcial, taxam de “chororô” qualquer reclamação que seja feita diante dos constantes erros grosseiros de arbitragem.

Dito isso tudo, nem preciso falar onde entra o Vasco nessa história: depois de perder o Campeonato Estadual por conta de um erro de arbitragem e de ser eliminado da Copa do Brasil com um gol irregular, é inevitável que nossa torcida se desencante com o futebol. Ver todo um trabalho ser jogado no lixo por conta de equívocos pessoais e saber que os responsáveis por isso não terão qualquer punição é motivo bastante para qualquer pessoa racional desistir de acompanhar o esporte, o que é extremamente prejudicial para qualquer clube.

Por sorte, a paixão dos torcedores pela armadura cruzmaltina é mais forte que tudo isso. Mas não se enganem: até o amor pelo futebol tem um limite. Se os responsáveis pelo futebol no Brasil (do governo, que assiste a tudo sem fazer nada, passando por CBF, STJD, Emissoras de TV, imprensa esportiva de um modo geral e até as diretorias dos clubes) não tomarem medidas para que esses absurdos terminem, o esporte, como produto voltado para a massa, terá dia após dia menos seguidores e fãs. Não há torcedor/consumidor que siga comprando um produto que ele sabe que está estragado.

Anúncios

9 pensamentos sobre “O (prazo de validade do) futebol nacional está vencendo

  1. JC – Mais uma grata surpresa, ao frequentar esta coluna pela primeira vez. Seu comentário é irretorquível; e até humano
    para os que apreciam o bom futebol como competição ou diversão e gostam das coisas honestas.. Mais uma vez dou-lhe os parabéns, agora por mais esta vitória do EXPRESSO.

  2. JC. Perfeito o seu post!
    Assino sem tirar nem por!

    Cara a coisa está tão podre que conheço até alguns flamenguistas lúcidos (poucos, mas existem!) que estão enojados com o futebol brasileiro.

  3. JC, acompanho seus posts desde o início do blog da fuzarca. Sempre aguardo pelos seus textos com ansiedade. Perdendo ou ganhando venho dividir as emoções. Muitas das vezes não comento, pois, a lucidez com a qual escreve me faz apenas apreciar suas postagens. Você merece um prêmio por permanecer com a mesma disposição em escrever aqui porque, do jeito que está o futebol brasileiro, assistir aos jogos está muito complicado que dirá falar sobre esses absurdos. Jamais abandonarei meu Vasco, mas , depois do carioca deste ano, estou definitivamente enojado com o futebol. Vou continuar torcendo pelo nosso time com todas as forças, porém, procurando cada vez mais deixar de acompanhar de uma forma geral.
    SV!!!

    • Wagner, cada um que desiste de acompanhar o futebol é menos um para gritar pela decência no esporte. Talvez seja o caso não de abandonar o futebol, mas de encontrar uma maneira de lutar por ele.

  4. FLAMENGO NUNCA QUE VAI CAIR PRA SEGUNDA DIVISÃO ,SENDO QUE A TV GLOBO E A CBF ACABAM SEMPRE ARRUMANDO UM JEITINHO MALANDRO ….CADA DIA QUE PASSA SINTO NOJO DESSA GLOBO ,POIS O FALIDO DO FLAMENGO MANIPULA ESSA EMISSORA……ULTIMAMENTE SÓ ESTÃO GANHANDO NO ROUBO …..MAIS OS DEUSES DO FUTEBOL TERÁ UMA SURPRESA PARA ESSES FALIDOS…AGUARDEM E CONFIEM….

  5. Verdade Jc, o negócio está difícil de aturar…fazer o que. Pelo menos nossa história de lutas e conquistas dentro e fora de campo não conseguem apagar. Fico triste de verdade com tudo o que vc disse, mas, por outro lado o amor pelo clube continua inabalável.

Concorda, discorda, gostou? Opine você também.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s